Cuiabá, 26 de Julho de 2017

Notícias - Esportes e Laser

Técnico alemão doa 100 mil de prêmio a refugiados

Por: Com informações da FrancePress e do G1

Foto: AFP/DPA/Daniel Reinhardt

 

Técnico alemão doa 100 mil de prêmio a refugiados

 

Ao contrário do governo da Alemanha - que neste domingo anunciou um controle provisório nas fronteiras para conter o fluxo de refugiados', um alemão ilustre decidiu fazer o oposto: ajudar!
O técnico Joachim Löw, que levou a seleção alemã ao tetracampeonato no Brasil, anunciou que doar aos refugiados que chegam às centenas no seu país os 25 mil euros (cerca de R$ 100 mil) do prêmio 'Pirâmide de ouro', que recompensa sua carreira vitoriosa no esporte.

"Ajudar as pessoas necessitadas é o nosso dever", declarou o treinador na cerimônia de entrega do prêmio, que já foi recebido por outros ídolos do esporte alemão, como o ex-craque Franz Beckenbauer, a tenista Steffi Graf e a patinadora no gelo Katarina Witt.

"A nossa cultura do acolhimento também precisa ser campeã mundial. Nos deixem desejar as boas-vindas aos refugiados como fizemos com fãs do mundo inteiro durante a Copa do Mundo de 2006", insistiu Löw, de 55 anos, que também apoiou a candidatura da cidade de Hamburgo para sediar as Olimpíadas de 2024.

Mais apoio
No sábado, os jogadores do atual tricampeão alemão, Bayern de Munique, entraram em campo de mãos dadas com crianças refugiadas antes da vitória por 2 a 1 sobre o Augsburg, em uma das muitas iniciativas de clubes da Bundesliga para apoiar a causa.

A Europa toda atravessa uma grave crise humanitária, com a chegada de milhares de imigrantes que fogem dos conflitos no Oriente Médio e na África.